4 de jan de 2021

Amendoim: a eficiência da utilização de seu resíduo na alimentação animal

O subproduto/coproduto do amendoim sendo utilizado como uma fonte de proteína devido a sua disponibilidade e custo de aquisição 

A China ocupa o primeiro lugar no ranking de países produtores de amendoim. O Brasil é o segundo maior produtor da América Latina, ficando atrás apenas da Argentina. É uma oleaginosa muito produzida, difundida e consumida mundialmente. 

O amendoim é um alimento que apresenta grande importância econômica diante de sua versatilidade, principalmente na indústria alimentícia. Podendo ser consumido cru ou cozido e também sendo utilizado como matéria-prima de doces, bolos, pastas, bebidas e sorvetes. Seu óleo pode ser utilizado tanto na indústria alimentícia quanto em outras indústrias, como a têxtil e para a fabricação de vernizes, óleos, lubrificantes e etc. 

Qual o subproduto/coproduto do amendoim? Diante da versatilidade da utilização do amendoim, é possível encontrarmos mais de um resíduo, são eles: 

• Torta de amendoim – gerada a partir da extração do óleo; 
• Casca de amendoim – a partir do descascamento do grão; 
• Farelo de amendoim – gerado a partir do processamento da torta. 

O resíduo mais popular que vem sendo estudado mais frequentemente e utilizados por muitos produtores é o farelo do amendoim. Para que serve o farelo do amendoim? Muitos trabalhos apontam a eficiência de sua utilização na alimentação de não ruminantes, aves e ruminantes, como vacas leiteiras. 

Como utilizar o farelo do amendoim? Diante da disponibilidade e baixo custo de aquisição, o farelo de amendoim se mostra um alimento de boa fonte de proteína (aproximadamente 45%) e uma alta concentração de extrato etéreo, sendo uma boa fonte de energia para o animal. Ele apresenta características nutricionais semelhantes às do farelo de soja, mas as diferenças notáveis e vantagens são o custo de aquisição, a diminuição da competição de alimentos entre animais e os seres humanos e redução dos impactos ambientais. 

Os cuidados e recomendações para a utilização do farelo de amendoim são: sempre procurar um médico veterinário ou zootecnista para fazer a formulação adequada para fornecer a quantidade necessários de proteínas e extrato etéreo aos animais, se atentar na qualidade do alimento, ser criterioso e se certificar que ele foi armazenado dentro das condições sanitárias ideais para que o alimento esteja livre de micotoxinas. 

No marketplace Agro2Business.com você também pode vender ou comprar produto/subproduto/coproduto do segmento agro como fonte alternativa para nutrição animal! 

Por Vinicius Ferarezi 

O que você achou deste conteúdo?

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

subproduto-milho
Por Agro2Business
9 de jul de 2022
Nenhum comentário
farelo-soja
Por Agro2Business
2 de jun de 2022
Nenhum comentário
fontes-alternativas-nutricao
Por Agro2Business
27 de maio de 2022
Nenhum comentário
magnifiercrosschevron-down