18 de ago de 2020

Falta de cálcio na lavoura pode inviabilizar rentabilidade

Confira artigo especial do engenheiro agrônomo e especialista agronômico em citros da Yara, Bruno Dittrich: 

Cada nutriente tem sua importância para a bom desenvolvimento das plantas. E para obter alta produtividade, é recomendável uma análise cuidadosa para a aplicação correta do elemento ,quantidade e período. Isso ajuda a evitar os sintomas de deficiência que tornam-se visíveis nas folhas e, em alguns casos, nas flores e frutos. Na cultura de citros, por exemplo, o cálcio deve ser aplicado em maior quantidade e, em seguida o nitrogênio, potássio e fósforo, o famoso NPK.

Citros é uma planta calcífera, ou seja, absorve uma alta quantidade da cálcio, que influencia diretamente no número de frutos por planta, teor de suco, tolerância a doenças, assim como na melhor arquitetura da planta e aproveitamento de incidência solar. O fornecimento de cálcio na forma solúvel nos momentos de maior necessidade da planta, de acordo com os picos de absorção desse nutriente, é uma estratégia importante, pois esse é um nutriente imóvel no floema. Esse manejo aumentará a quantidade de frutos por planta quando aplicado na fase pré-florescimento. Em sinergia com o boro melhorará a qualidade e teor de suco dos frutos ao ser aplicado na etapa de enchimento, fase em que o potássio também é muito importante.

As pesquisas aplicadas nas lavouras de citros mostram que a falta de cálcio nas plantações pode impactar diretamente a produtividade e diminuir a qualidade do fruto. Nesse contexto, a citricultura pode enfrentar desafios especialmente relacionados a graves doenças como o greening (HLB), conhecido popularmente como amarelão, que quando infecta não tem cura, prejudicando o desenvolvimento dos frutos. A convivência com a doença é um conjunto de estratégias de manejo e entre elas a nutrição tem importância fundamental. Para isso, o agricultor deve ter em mente que, por meio de uma nutrição adequada e demais estratégias de manejo, é possível produzir com viabilidade econômica mesmo em cenários adversos .

*Se a sua atividade agropecuária gera resíduos e subprodutos amplie o seu canal de comercialização com a Agro2business e monetize melhor suas vendas.

*Por outro lado, se o seu negócio utiliza como matérias-primas resíduos e subprodutos de origem agropecuária encontre na Agro2business uma ampla oferta de itens e fornecedores confiáveis para o seu negócio.

O que você achou deste conteúdo?

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

subproduto-milho
Por Agro2Business
9 de jul de 2022
Nenhum comentário
farelo-soja
Por Agro2Business
2 de jun de 2022
Nenhum comentário
fontes-alternativas-nutricao
Por Agro2Business
27 de maio de 2022
Nenhum comentário
magnifiercrosschevron-down