4 de mar de 2020

Plataforma digital comercializa subprodutos do agro

Farelo de soja, caroço de algodão, polpa cítrica e bagaço de cana estão entre os itens à disposição.

O processo de produção no agronegócio e na indústria de alimentos gera uma série de resíduos e sobras, que podem ser melhor monetizados. Exemplos: farelo de soja, caroço de algodão, polpa cítrica, pena de frango, bagaço de cana, casca de arroz e de café, sebo bovino, farinha de carne e ossos, graxa suína, ração animal, e muitos outros.

“Subprodutos agrícolas são matéria-prima para fabricação de novos bens em diversas indústrias – não só do segmento alimentício”, afirma Thiago Mateus, que criou a Agro2business, plataforma digital especializada na comercialização de subprodutos do agronegócio.

Segundo ele, “a proposta é conectar de maneira veloz, confiável e certeira fornecedores e compradores de diversas cadeias produtivas”. O executivo informa que hoje a comercialização convencional, offline dos subprodutos é limitada, baseada em contatos locais, buscas por telefone e pesquisas aleatórias na internet. “Com a Agro2business mudamos isso, modernizamos. Com ferramentas de geolocalização e ranqueamento de usuários ampliamos as possibilidades de monetização e de oportunidades de negócios. O digital expande conexões”, explica Mateus.

De acordo com o executivo, quem periodicamente gera resíduos e sobras e já comercializa estes subprodutos pode, por exemplo, começar a usar a Agro2business gradativamente, ofertando volumes menores e medindo o retorno. Bagaço de cana é um dos produtos que podem ser vendidos na plataforma digital.

(Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Empresas-e-Negocios/noticia/2019/10/plataforma-digital-comercializa-subprodutos-do-agro.html

O que você achou deste conteúdo?

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

subproduto-milho
Por Agro2Business
9 de jul de 2022
Nenhum comentário
farelo-soja
Por Agro2Business
2 de jun de 2022
Nenhum comentário
fontes-alternativas-nutricao
Por Agro2Business
27 de maio de 2022
Nenhum comentário
magnifiercrosschevron-down